29 March, 2009

O Sonho


"Em alguma tardezinha encantada, você irá encontrar a sua alma gémea, a pessoa perfeita que corresponderá a todas as suas necessidades, e será a concretização de todos os seus sonhos. Certo? Errado! Essa fantasia que os cantores e os poetas gostam tanto de perpetuar tem suas raízes em memórias do útero, onde estávamos tão seguros e "unificados" com nossas mães; não é de admirar que sejamos obcecados por retornar a essa condição durante toda a nossa vida. Mas, falando numa linguagem crua, é um sonho infantil. E é surpreendente que nos apeguemos a ele com tanta teimosia, diante da realidade.
Ninguém seja o seu actual companheiro ou alguém com quem você sonha no futuro, tem a obrigação de trazer-lhe a felicidade numa bandeja, nem poderia, ainda que quisesse. O amor verdadeiro não advém de tentativas de satisfazer nossas necessidades por meio da dependência com relação à outra pessoa, mas por meio do desenvolvimento da nossa riqueza interior, e do nosso amadurecimento. Com isso, passamos a ter tanto amor para dar, que amantes serão espontaneamente atraídos por nós." Osho

1 Comments:

Anonymous deusa da lua said...

ola,

convido-te a visitares o meu cantinho, espero que gostes,

www.mundodomar.blogs.sapo.pt

April 18, 2009 at 2:29 AM  

Post a Comment

<< Home

http://www.blogger.com/template-edit.g?blogID=18464291&saved=true Deleito-me ao Luar... :: Editar o seu modelo